Páginas

quinta-feira, 18 de maio de 2017

O Enigma de Blackthorn

Por: Ingrid Moreira



“Siga as pistas. Desvende o código. Sobreviva.”

Corra e vá atrás. Procure e descubra. E o principal, não morra!!! É assim que iniciamos esse presente incrível! Afinal esse livro veio como um bote salva-vidas em meio a uma ressaca literária daquelas, e o mais incrível é que quando finalizei a leitura só pude dizer: PORQUE SENHOR ACABOU TÃO RÁPIDO??

A história se passa em Londres, no ano de 1665, em que ser boticário era ter a habilidade de criar receitas e medicamentos para os males da época usando ervas e especiarias.

Christopher Rowe, é um garoto que cresceu sem ter um lar, criado em um orfanato, cresce sem muitas perspectivas, até que a chance de ter um futuro surge em sua vida, após uma visita interessante de alguns membros da guilda dos boticários ao orfanato. Um dos membros, adquire certo interesse sobre Chris, devido sua “habilidade” com ervas. O que o leva a passar por uma prova para se tornar um aprendiz de boticário. E para o período que viviam, as crianças do orfanato que não se tornavam aprendizes ou arrumavam um emprego acabam nas ruas e sumiam... 

E ao passar na prova para se tornar aprendiz, ele é escolhido por Benedict Blackthorn. Para um garoto que apanhava por qualquer coisa no orfanato, ser aprendiz e trabalhar em uma Botica era o paraíso.

Uma coisa que achei divertida foi o modo como os boticários costumavam criptografar suas receitas, por medo de algum outro membro da guilda roubar suas ideias; e todos esses segredos o mestre Benedict ensinava a Chris; descobrir e desvendar, aprender a mexer nas receitas e descobrir um rumo para sua vida... e é aí que vemos a construção de uma família naquela oficina...

E quando tudo parece ir bem, o surgimento de uma seita chamada “culto do arcanjo”, que está matando diversos boticários de forma bem violenta, começa a causar um caos nas ruas de Londres... E para melhorar, nosso querido aprendiz acaba entrando na mira desses assassinos.

Com uma mensagem de seu mestre e com um grande aviso no final – não conte a ninguémChristopher e Thomas, seu melhor amigo, embarcam nessa aventura para desvendar os segredos escondidos, as pistas, os mistérios muito mais antigos do que poderiam imaginar e descobrir o quanto eles estão encrencados nessa história!

Pausa para falar do melhor amigo, pois o que seria da vida desse jovem de 14 anos sem ter alguém tão sem noção quanto o Thomas!!!

Ele é daqueles amigos que mesmo você estando na merda ele estará do seu lado. Com a mesma idade de Christopher, o filho do padeiro, que passa por poucas e boas em casa, e embora sabendo que poderá levar uma boa surra, adora roubar uns doces e pães de seu pai. Quando mais uma bomba aparece na vida do amigo, ele logo vê que não terá como o Chris se virar sozinho e pensa: Já to na merda, pior que ta não fica! 

Com uma escrita fluida e rica, você se perde nesse mundo e começa a adentar nos mistérios e códigos, e enquanto vai passando de pista em pista, não percebe as páginas passarem. Esse livro é aquele tipo de história que te mantem vivo, te prendendo do início ao fim; e conforme o personagem vai passando pelos desafios impostos no caminho, nós vamos sentindo tudo junto com ele!!

Kevin Sands mostra o que significa ter um lar, independente da existência de laços sanguíneos, e vemos que isso não é necessário quando temos pessoas que amamos do nosso lado. Uma história tão alucinante só poderia vir de um físico hahahahah. Sem dúvidas esse cara veio para brilhar!

Ahhh sim, quase esqueci de comentar do meu surto com a capa... Adorei o tom usado no livro (já que amo azul) e os desenhos dos símbolos que representam os códigos falados durante o livro, e aquele brilho lá no fundo que representa... Enfim posso dizer que a Leya está de parabéns com essa capa.

Suspense, Códigos, explosões, mistério, criptografia, assassinatos, fugas, aventura, alquimia, segredos... o que pode sair disso tudo? Você descobrirá em O Enigma de Blackthorn.


2 comentários:

  1. A capa desse livro é muito lindaaaa... Recebi recentemente da Leya para o meu próximo evento e fiquei babando, rs. Espero poder conferir a história em breve!

    Beijocas,
    Thati Machado.
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  2. Ingrid do Céu! Eu ganhei esse livro num dos eventos do No Meu Mundo, tava intrigada achando que era série. Pelo visto não né? Já vi que vai furar fila hahahhahaa
    Bjus

    ResponderExcluir